Nado Sincronizado conheça um pouco sobre essa modalidade olímpica hth

Nado Sincronizado: conheça um pouco sobre essa modalidade olímpica

Ninguém tem dúvidas de que o nado sincronizado é uma das modalidades mais elegantes e emocionantes a serem disputadas nas Olimpíadas 2020. A sincronicidade dos movimentos, a técnica, a força e os movimentos precisos firmam a combinação perfeita para um esporte que deriva da natação.

Certamente que esse esporte fica muito mais agradável de ser assistido quando as equipes competem em piscinas limpas e cristalinas. Por isso, os organizadores levam à sério os procedimentos de como tratar água de piscina.

Com isso, os atletas também ficam protegidos de doenças e podem realizar uma apresentação digna de medalha de ouro. Quer conhecer mais sobre esse esporte aquático que mais parece um balé na água? Confira tudo neste artigo da hth®!

O que é o nado sincronizado?

O nado sincronizado é uma modalidade esportiva que integra os Jogos Olímpicos. Nesse esporte, os movimentos de um ou mais nadadores são sincronizados, acompanhando a música durante toda a apresentação.

A música escolhida pelos atletas e seus treinadores, aliás, funciona como um marcador dos movimentos, dando mais ritmo à performance dentro d’água. 

Como surgiu essa modalidade esportiva?

O esporte se desenvolveu nos Estados Unidos na década de 1930. À época, o nado sincronizado era um esporte amador, organizado em muitas áreas do mundo, sob a supervisão geral da Federação Internacional de Natação Amadora.

Mas apenas e 1954 a FINA reconheceu a natação sincronizada como um esporte, de fato. Nadadores em competição individual, em dueto ou em equipe (quatro a oito pessoas) realizam várias acrobacias, que recebem pontuação variada. 

Nas Olimpíadas e nas competições mundiais, eles são pontuados por dois painéis de cinco juízes sobre execução e estilo, tanto nas acrobacias individuais quanto na rotina musical como um todo.

Os árbitros que avaliam os atletas julgam requisitos como precisão dos movimentos, grau de dificuldade das acrobacias e sincronicidade dos atletas (da entrada à saída da piscina). 

Nado sincronizado para mulheres

A competição de mulheres no nado sincronizado foi admitida como competição olímpica em 1984. Então, consistia originalmente em eventos solo e em dueto, mas os dois eventos foram eliminados nos Jogos de 1996 – em favor de um único evento de equipe de oito membros. Assim, a apresentação em dueto voltou a compor as Olimpíadas em 2000. 

Como acontece a competição?

Vale lembrar que atletas individuais e equipes devem se qualificar para a competição olímpica em outras competições eliminatórias. Uma vez nos Jogos Olímpicos, há dois eventos disputados em nado sincronizada: equipe e dueto. 

Então, dentro de cada um desses eventos há duas rotinas: uma técnica e outra livre – os atletas não recebem pontuação. Além disso, os mesmos nadadores podem se apresentar em eventos de equipe e de dueto.

Apresentação em equipe

No evento ou apresentação de equipe, oito atletas são selecionados. Eles têm cerca de 2m50s para se apresentarem na piscina, com um possível acréscimo de 15 segundos. Na execução da rotina definida, há movimentos específicos que os nadadores não podem deixar de realizar. Além disso, todos os movimentos seguem uma ordem específica.

Já na rotina livre, o tempo de execução é de 4 minutos, com mais 15 segundos de acréscimo. Nesse caso, os atletas executam uma rotina auto-coreografada, sem requisitos específicos.

Apresentação em dueto

Na exibição em dueto, ambos os atletas têm 2m20s para executar os movimentos. E também precisar efetuar a rotina definida de movimentos específicos e em uma ordem específica.

Por outro lado, a rotina livre é executada em até 3m30s, com uma rotina auto-coreografada e sem requisitos específicos.

Pontuação e Juízes

Existem muitos juízes e oficiais trabalhando durante uma competição de nado sincronizado. Além disso, existem dois painéis de juízes de 5 membros, sendo um painel com mérito técnico e outro com impressões e capacidades artísticas.


Os juízes atribuem pontos em uma escala de 0,0 a 10,0 (em décimos). Então, eles observam a dificuldade de cada movimento, quão bem a rotina é executada e sincronizada e a estética e leveza dos movimentos. 

Além dos dois painéis de 5 juízes, há um árbitro principal – que registra as pontuações – e  juízes substitutos. Até mesmo um técnico de som se mantém presente para garantir que a música esteja correta.

Medalhas olímpicas

As medalhas olímpicas são concedidas com base no total de pontos ganhos pelos nadadores. As pontuações para cada rotina são somadas, e a pontuação mais alta ganha a medalha de ouro. Já a segunda ganha prata e a terceira, bronze. Pode haver empate na pontuação, caso em que ambos ganham a medalha.

Quer tentar executar o nado sincronizado em sua casa? Lembre-se de tratar a piscina antes!

Se você adora esse esporte e quer se divertir um pouco com ele na piscina de casa, lembre-se de manter sua piscina limpa. Assim, evita a proliferação de algas, germes, fungos e bactérias causadores de doenças. 

Avalie os parâmetros da água com a hth® Fita Teste, e ajuste-os, se necessário, com produtos específicos, tais como: hth® Elevador de Alcalinidade, hth® Redutor de Alcalinidade e pH Extra Forte

Depois, sanitize sua piscina com hth® Cloro Aditivado Mineral Brilliance 10em1™ ou hth® Cloro Concentrado Tradicional.

E para prevenir a água turva e o surgimento de algas utilize o hth® Clarifica Maxfloc e o hth® Previne água verde.

Água limpa, purificada e clarificada com a qualidade hth®!