Dia Mundial da Saúde doenças que uma piscina mal tratada pode trazer hth

Dia Mundial da Saúde: doenças que uma piscina mal tratada pode trazer

Patrocinado e incentivado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), o Dia Mundial da Saúde é celebrado no dia 07 de abril. A data é considerada o dia mundial de conscientização sobre a saúde e todos os demais aspectos que envolvem a saúde.

Além de ser um alerta em escala mundial a respeito de problemas que afetam a saúde, o Dia Mundial da Saúde é uma oportunidade para informar e conscientizar as pessoas para que levem uma vida mais saudável e equilibrada.

E quando o assunto é vida saudável, muitos fatores estão envolvidos. Além da prática de exercícios, da alimentação saudável e da prevenção de doenças, é importante priorizar a limpeza e os hábitos de higiene.

Logo, isso inclui, igualmente, limpar a piscina, um recinto de lazer que, caso não tratado, pode ser foco de proliferação de germes e bactérias. Limpar a piscina não só garante uma água mais bonita e cristalina, mas o mais importante, evitar a transmissão de doenças.

Saiba mais sobre algumas das principais doenças que uma piscina maltratada pode provocar neste post da hth®!

Giardíase 

A giárdia é um protozoário causador da giardíase, que desencadeia infecções intestinais graves e diarreia, na maioria dos casos, em crianças. A infecção ocorre quando há a ingestão acidental de água contaminada com esses parasitas. As piscinas podem ser infectadas por crianças que ainda estão no desfralde ou pela presença de fezes de animais, por exemplo.

Diarreia

Causada por bactérias e vírus presentes na água da piscina não tratada, ou seja, sem o nível adequado de cloro, a diarreia acomete adultos e crianças. O ideal é que antes de entrar na piscina, todos se lavem nas duchas, evitando riscos de contaminação.

Otite externa

A otite externa é uma infecção do canal auditivo externo e pode ser causada pelo resquício de água contaminada na orelha após a natação. O ambiente quente e úmido proporciona o crescimento acelerado dessas bactérias ou fungos. O principal sintoma é vermelhidão acompanhado por dor. Por isso é importante não deixar a água ficar no ouvido, sacuda a água, em geral é possível sentir a água escorrer. 

Legionella 

A legionella é uma bactéria que provoca infecção nos pulmões, levando à insuficiência respiratória e em casos mais graves, pode evoluir para pneumonia.

Dengue

O mosquito da dengue pode depositar suas larvas em água parada. Por isso, é importante usar o cloro granulado. Vale lembrar que a dengue é transmitida pelo Aedes Aegypti, causa febre, manchas vermelhas, mal-estar, dor de cabeça, dentre outros sintomas. 

Para se proliferar, o mosquito fêmea usa as paredes secas das piscinas – parte acima do nível da água – para depositar seus ovos. Assim que esses ovos entram em contato com a água, as larvas nascem e se alimentam dos resíduos orgânicos da água da piscina, por isso é extremamente importante limpar as bordas da piscina e manter a água devidamente clorada.  

Invista na manutenção e nos produtos para limpar piscina 

Para garantir a diversão e prevenir doenças é muito importante cuidar da água da piscina, da forma correta e com produtos adequados. 

A purificação da água com a aplicação do cloro é o que assegura a limpeza e a sanitização completa da água, eliminando germes e bactérias. Mas, antes de usar o cloro em sua piscina, verifique como estão os parâmetros da água: alcalinidade, pH, cloro livre e ácido cianúrico. 

Além disso, o desajuste da alcalinidade e pH podem provocar à corrosão de equipamentos e até à formação de algas. Para avaliar esses os parâmetros, utilize a hth® Fita Teste.  

Mergulhe uma fita na água da piscina e remova-a imediatamente. Segure-a por 15 segundos sem balançá-la e sem retirar o excesso de água. Compare as cores da fita com as cores do rótulo seguindo os parâmetros recomendados.

Logo, isso vai indicar o próximo passo do tratamento, ou seja, quais parâmetros precisarão ser ajustados antes de iniciar o tratamento com o cloro. Veja alguns dos produtos mais indicados pela  hth® para fazer o ajuste: 

Uso do cloro para sanitizar a água

Para eliminar germes e bactérias de piscinas residenciais, o produto mais recomendado é o hth® Cloro Aditivado Mineral Brilliance, um produto multiação que elimina bactérias e fungos, dá brilho à água, pois intensifica sua cristalinidade e previne água verde.

Mas se a intenção é tratar piscinas de clubes e academias, que recebem grande fluxo de pessoas, use o hth® Cloro Concentrado Tradicional, possui 65% de cloro ativo e é uma fórmula altamente eficaz na eliminação de bactérias da água da piscina. que conta com alta concentração de ativos na eliminação de bactérias.

Já o hth® Cloro Flutuador é indicado para piscinas de casas de veraneio. Esse produto possui um clique dosador, que libera continuamente os ativos para sanitização da água por até 30 dias. Sua fórmula com Active Clear™ preserva a cristalinidade da água e previne a água verde. 

Para garantir o tratamento completo da água, conheça também outros produtos da linha de tratamento da hth®, como o hth® Clarifica Maxfloc, o hth® Limpa Bordas, o hth® Elimina Oleosidade e hth® Previne Água Verde

É a hth® cuidando da saúde da sua família!