dicas para economizar a água da piscina

5 dicas para economizar água na piscina

Refrescar-se na piscina é uma das melhores formas de amenizar o calor e ainda garantir um pouco de lazer com a família. Contudo, por causa do alto volume de água das piscinas, cada vez mais aumenta a necessidade de economizar. E o motivo não é apenas a economia na conta. A escassez desse bem natural já vem afetando a rotina de muitas pessoas, o que mostra que é preciso ter consciência e preservá-la, evitando o desperdício.

Pensando nisso, criamos este post com 5 dicas para ajudar você a economizar água na piscina e ainda ajudar o meio ambiente. Confira:

1. Mantenha a limpeza em dia

Ajustar a alcalinidade, o pH e o cloro sempre que necessário, além de aspirar a sujeira do fundo são algumas formas de manter a piscina limpa e, consequentemente, trocar menos a água.

Por isso, mantenha sempre a limpeza em dia por meio da filtração e mantendo a água própria para o uso.

2. Cuidado com o transbordo ao encher a piscina

Ao encher a piscina, cuide para não exceder o nível indicado, pois é uma excelente forma de evitar o transbordo. Normalmente, deixar de 10 a 15 centímetros abaixo do nível da margem evita que isso aconteça e, consequentemente, que água seja desperdiçada sem necessidade.

3. Reduza a evaporação para economizar água

Cobrir a piscina com uma capa protetora plástica ou capa térmica reduz em 90% a evaporação da água, responsável pela perda de mais de 3000 litros todo mês. Além disso, essa capa também protege a piscina de folhas, galhos e outras sujeiras que dificultam a limpeza (fator que também é importante para diminuir e até evitar a troca da água).

4. Mantenha bomba e filtros funcionando

O bom funcionamento da bomba e dos filtros garante a qualidade da água, por isso, é importante mantê-los sempre em perfeitas condições, fazendo revisões regulares.

Esses itens, além de causar desperdício e comprometer a qualidade da água quando não estão funcionando corretamente, também aumentam o consumo de energia. Ou seja, mais um motivo para redobrar o cuidado.

5. Verifique a existência de vazamentos

Muitas vezes, um pequeno vazamento pode passar despercebido e acarretar no desperdício de água. Por isso, verifique periodicamente se não há vazamentos e outros pontos de fuga de água. Além de garantir economia, você também estará garantindo a estabilidade estrutural da piscina, que fica comprometida quando há vazamentos.

A reposição da água perdida, além de gerar novos custos com reabastecimento da própria água, também gera custos com energia elétrica para fazer o bombeamento. Ou seja, verificar a existência de vazamentos significa economia em dobro!

Economizar água na piscina é uma forma de reduzir custos com reabastecimento e preservar o meio ambiente.

É importante conhecer essas formas pois também contribuem para manter a piscina sempre limpa e pronta para um mergulho.

O que você achou das sugestões? Já usa alguma dessas dicas para economizar água na sua piscina? Deixe o seu comentário e compartilhe com a gente!